– Orgasmo dos deuses: 5 lições do sexo tântrico que irão transformar seu prazer

 

O Tantra é conhecido como sessões de sexo longas e orgasmos no corpo inteiro; veja dicas.

O sexo comum geralmente nos proporciona bons orgasmos. Porém existe uma variante do sexo que pode nos oferecer orgasmos mais longos e de corpo inteiro. A tal variante é o sexo tântrico. Nele, seus praticantes se entregam de corpo e alma ao ato sexual, e dessa forma eles acabam desenvolvendo mais sua consciência corporal, o que os leva a ter mais disposição.

Uma etapa muito importante no sexo tântrico é a massagem e alguns exercícios mentais e corporais, que ativam a energia sexual, mais conhecida como “kundalini”. Todos podem praticar o tantra, basta ter vontade de aprender e se entregar ao novo.

Existem alguns passos importantes que devem ser seguidos durante o tantra. Listaremos alguns deles para que você possa iniciar a busca pelo orgasmo perfeito.

Toque consciente

É muito simples: esteja presente, preste atenção em tudo que o seu parceiro faz. Deixe de lado os problemas, o trabalho, a faculdade e a escola das crianças. Se entregue ao momento. Toque seu parceiro com cuidado, faça carícias por todo o corpo e principalmente faça ele perceber lugares que antes estavam esquecidos ou que ele nunca pensou sentir prazer.

Tempo e sincronia

É recomendado que se pratique pelo menos uma vez na semana a massagem tântrica, de preferência no horário da manhã, depois de uma boa noite de sono. Assim como estar descansado é importante, os dois estarem afim, estarem na mesma sintonia é essencial, pois dessa forma ambos conseguirão se concentrar em dar prazer ao outro.

Abuse dos sentidos

Ao perdermos um dos sentidos, deixamos os outros muito mais aguçados. Ou seja, sentimos muito mais. Abuse disso, vende teu parceiro, passe um lenço de seda pelo corpo dele. Explore a questão sensorial que o sexo envolve. Muitas vezes deixamos isso passar e perdemos chances de descobrir coisas novas.

Não tenha pressa

A pressa é inimiga da perfeição. E o tantra exige calma, exige controle da respiração, da vontade, dos movimentos. Por isso lembre-se: se for praticar o sexo tântrico, tenha o dia livre!

Olho no olho

Não tem nada mais excitante do que o olho no olho. Olhar o parceiro, poder ver cada expressão que faz enquanto recebe e te dá prazer não tem preço. Olhar nos olhos ajuda a aumentar a intimidade e a cumplicidade. E quando se tem isso, não tem como o sexo ser ruim.

Aproveite as dicas e descubra essa nova forma de sentir prazer. Clique e receba MAIS DICAS.

Liberação de imprensa