– Qual a reação das mulheres quando o parceiro ‘falha na hora H’?

 

Não é preciso, necessariamente, que o homem tenha uma disfunção erétil para perder a ereção. ‘Broxar’ é uma fatalidade que acontece – pelo menos uma vez na vida – com todos os homens do mundo.

Quando isso acontece, as mulheres ficam em uma situação um tanto quanto desconfortável, assim como os homens. Pensando nisso, um levantamento perguntou a milhares de mulheres como elas agem na hora que o parceiro não consegue comparecer.

Confira abaixo o que elas dizem que fazem e como escapar elegantemente da situação:

Ele broxou, e agora?

Carmita Abdo, psiquiatra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicna da USP, realizou a pesquisa Mosaico 2.0 juntamente com a farmacêutica Pfizer e o resultado descobriu quais as principais reações das mulheres quando o parceiro falha.

Eis as respostas das 1.470 participantes:

– 31,3% das mulheres disse nunca ter passado por essa experiência;
– 25,3% disse ser compreensiva e conversar com o parceiro sobre o ocorrido;
– 18,8% disse que tentou estimulá-lo para que ele recuperasse a ereção;
– 4,8% finge que não percebeu;
– 2,9% fica sem graça, sem ação;
– 2,2% se sente culpada;
– 2,2% fica irritada.

Qual a melhor forma de agir?

Para a psiquiatra, não ter ereção para o homem é o mesmo que não fazer sexo, mesmo que haja carícias e preliminares. Para elas, essa situação não tem o mesmo peso.

Porém, se o problema é recorrente, os dois precisam encará-lo como um sinal de alerta. “Para ele é vital, enquanto para ela a falha de ereção [recorrente] deveria ser mais valorizada, porque é um parâmetro de falta de qualidade de vida e saúde”, explica.

Vale lembrar que ‘broxar’ após a ingestão de muita bebida alcoólica, cansaço ou até mesmo estresse é algo considerado normal.

E agora, o que fazer?

A primeira coisa é respirar fundo e se acalmar. Avalie as circunstâncias e as preocupações da vida, para tentar entender o que levou à falha. Falar sobre isso com sua parceira é fundamental para que isso não interfira na vida sexual dos dois.

Caso isso se torne frequente, procure um especialista, um psiquiatra ou um médico para entender as causas. Uma vida sexual ativa e prazerosa é importantíssima para a união do casal.

Além disso, problemas de saúde como diabetes, depressão, ansiedade, hipertensão, alterações de próstata podem afetar a ereção na hora do sexo.

“Para se ter ideia, a falha de ereção aparece cerca de 4 anos do coração apresentar sintomas de doenças. Indo ao médico, o homem pode descobrir uma doença grave até 4 anos antes dos primeiros sintomas específicos”, completa.

 

Fonte: Bonde