– Sexo tântrico pode apimentar sua relação

 

Di Ferrero e Isabeli Fontana recentemente surpreenderam no programa Altas Horas, exibido na Rede Globo e apresentado por Serginho Groisman. O casal revelou ser adepto do sexo tântrico, técnica indiana que busca estimular a energia sexual e trazer sensações nunca experimentadas com as transas tradicionais.

A revelação foi feita durante o quadro da sexóloga Laura Muller. Di Ferrero contou que se sente mais disposto após a prática dessa técnica. Isabeli, no entanto, trouxe informações mais quentes e secretas: a modelo internacional disse que os dois já passaram três dias praticando.

Tem curiosidade para conhecer todos os detalhes do sexo tântrico? Veja as principais características, técnicas e sensações conquistadas com essas sessões de puro prazer.

Novas formas de prazer

De acordo com a terapeuta e sexóloga Laura Meyer, investir no prazer é apostar no relacionamento. O casal que está desanimado deve procurar novas formas de se divertir nos momentos íntimos. “É importante ser criativo para quebrar a rotina da relação sexual, pois com o tempo tende a se tornar muito automático e perde a graça”, alerta.

Para incluir o sexo tântrico em sua rotina sexual, converse abertamente com seu par. Laura lembra que um relacionamento implica em intimidade e inclui a liberdade para conversar sobre tudo com o outro. Afinal, qual o problema em sugerir algo diferente e prazeroso para os dois?

Se o pedido for negado, tente entender os motivos dessa reação. Converse sobre os principais detalhes para, quem sabe, ouvir um sim. “Vale explicar de outra forma para que o outro entenda seu ponto de vista”, finaliza a sexóloga.

Tudo sobre o sexo tântrico

O sexo tântrico nasceu na Índia e é baseado no equilíbrio de diversas áreas da vida pessoal. A técnica investe em massagens e conexões de energia que garantem orgasmos inesquecíveis.

Para iniciar, comece pela criação de um clima legal. O ambiente deve ser preparado com incensos, velas, iluminação fraca e uma música tranquila. Esse é um dos segredos para estimular a famosa energia sexual. O parceiro, obviamente, deve estar disposto, paciente e de cabeça aberta para novas experiências.

Após esse processo, sentem-se um de frente para o outro. Troquem olhares, falem palavras de afeto e iniciem o processo de toque. Vocês devem fazer carinhos suaves sobre a pele – nada de começar pela região íntima.

Faça massagem no braço, pescoço, colo, barriga e pernas. Esse é o momento de conhecer todas as zonas mais sensíveis e prazerosas. Quando vocês estiverem pegando fogo, o parceiro deve iniciar uma penetração curta, na qual a glande é apenas posicionada sobre a vagina.

Os movimentos devem ser suaves e progressivos. Aumente a velocidade ao sentir que está no momento de aproveitar mais.

O objetivo do Tantra é evitar o orgasmo. Parece algo difícil de entender para nós que entramos na relação praticamente tendo-o como objetivo, porém com a prática vocês perceberão que o prazer mais longo traz tanta satisfação quanto o orgasmo, além de possibilitar recomeços constantes. E quando o orgasmo finalmente acontece, acredite, você nunca experimentou algo igual.

Após o orgasmo, não esqueça de elogiar, beijar e fazer declarações. Esse momento é muito sincero e garante sensação ainda mais gostosa.

Para saber mais, acesse

 

Com informações da Doutissima